Os Estados Unidos retiraram nesta sexta-feira seus representantes em três países latino-americanos que recentemente estabeleceram relações com a China e as romperam com Taiwan, alegando que realizaria consultas com os diplomatas.

A medida chega depois de que Washington acusou Pequim no mês passado de desestabilizar as relações entre China e Taiwan, e de participar de uma campanha de “interferência política” ao tentar separar Taipé de alguns de seus aliados no hemisfério ocidental.

“O Departamento de Estado convocou os embaixadores dos Estados Unidos na República Dominicana, Robin Bernstein, e em El Salvador, Jean Manes, e a encarregada de negócios dos Estados Unidos no Panamá, Roxanne Cabral”, expressa um comunicado da chancelaria divulgado nesta sexta.

“Nossos três chefes de missão se reunirão com os líderes do governo para analisar as formas como os Estados Unidos podem apoiar instituições e economias fortes, independentes e democráticas em toda a América Central e Caribe”, acrescentou.

Taiwan e China mantêm há anos um cabo de guerra diplomático com países em desenvolvimento, prometendo-lhes apoio econômico e outras ajudas em troca de reconhecimento diplomático.

Pequim considera que Taiwan é parte de seu território e não descartou utilizar a força para obrigá-la a se incorporar a uma China unificada.

As relações entre Taipé e Pequim pioraram desde que Tsai Ing-wen assumiu o poder em 2016, já que seu governo se nega a reconhecer que Taiwan é parte de “uma só China”.

El Salvador, que mudou seus vínculos em agosto, se tornou a quinta derrota diplomática registrada por Taiwan sob a presidência de Tsai e a terceira este ano.

Mas ainda que a maioria dos países tenha estabelecido relações formais com Pequim nas últimas décadas, Taiwan ainda mantém relações extra oficiais com países poderosos.

Seu aliado não oficial mais importante é Estados Unidos, que segue sendo seu principal provedor de armas, apesar de que em 1979 Washington estabeleceu relações diplomáticas com a China e automaticamente as cortou com Taipé.



Source link

Por favor, siga , curta e compartilhe