Destiny 2 não vai explicar pontas soltas do primeiro game

Destiny 2 não vai explicar pontas soltas do primeiro game

[ad_1]

Apesar da popularidade de Destiny, o shooter de ficção científica produzido pela Bungie falhou em entregar uma história coesa, se limitando a mostrar apenas pedaços de um universo muito maior. Em Destiny 2, o estúdio quer mudar essa abordagem, mas não espere ver respostas para alguns dos principais mistérios do jogo original.

Em entrevistas recentes com o Kotaku e PC Gamer, o diretor da sequência, Luke Smith, confirmou que Destiny 2 terá uma narrativa com começo, meio e fim focada especificamente na invasão dos Cabais no planeta Terra.

“É um jogo sobre a Luz, e o que acontece quando ela é tirada de você e o que os guardiões farão para tê-la novamente. Estamos explorando a relação entre o jogador e seu Fantasma em termos de Luz, e a cobiça do vilão Ghaul pela Luz. Por isso, decidimos enterrar outras coisas que não achamos importantes para o lançamento, incluindo palavras como A Escuridão”, disse.

Para os veteranos da franquia ela não é novidade, mas vamos explicar: A Escuridão (The Darkness, no inglês) é uma entidade maligna suprema que de alguma forma conecta todas as raças alienígenas da trama. Inclusive, toda vez que o seu guardião morre, aparece na tela do jogo a mensagem “A Escuridão consumiu você”, indicando que o personagem sucumbiu ao poder do mal.

Muito pouco foi falado sobre o que (ou quem) é a tal Escuridão. E o mais surpreendente vem do próprio Luke Smith, pois ninguém na Bungie tinha a menor ideia sobre o que é a Escuridão. “Não sabíamos o que era, e por um período escolhemos reunir todas as raças [nesse mesmo contexto]. Pensamos que todas elas poderiam ser A Escuridão”, afirmou.

Segundo Smith, foi nesse ponto que a desenvolvedora percebeu que esse não era uma característica digna para a série. Por isso, eles optaram por deixá-la de lado em Destiny 2 para “contar uma história sobre a Luz e o significado de ser escolhido”. O diretor também declarou que já existe um plano para falar novamente sobre A Escuridão, mas que primeiro eles precisam definir como isso será feito.

Outro elemento que se fez presente durante o primeiro ano de Destiny e que não estará na sequência é a Estranha Exo, a robô responsável por uma das frases mais famosas do jogo: “Eu não tenho tempo para explicar por que eu não tenho tempo para explicar”. De acordo com Smith, é muito provável que a misteriosa guardiã não apareça mais na série.

“Nós temos vários personagens interessantes, mas a Estranha Exo é uma que sempre me faz rir. Acredito ser uma personagem que estava envolvida em um arco. Ela lhe deu uma arma legal e depois se dissolveu, possivelmente para fazer outra coisa. Então, de todos os personagens que entraram e saíram, sinto que ela foi a que se despediu de forma mais efetiva”, disse.

Destiny 2 chega em 6 de setembro para PlayStation 4 e Xbox One, e em 24 de outubro para PC.

[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *