Observado por Tite, Cássio diz que “não é hora de falar da Seleção”

[ad_1]

O goleiro Cássio já afirmou diversas vezes que mudou sua visão sobre a carreira na temporada 2017, dando início a esses assuntos justamente em uma entrevista à Gazeta Esportiva, no começo do ano. Uma das mudanças, por sinal, se dá no desejo de defender a Seleção Brasileira, que parece não ser mais um desejo tão latente para o arqueiro corintiano.

Exaltado pela excelente performance diante do Grêmio no último domingo, quando fez uma defesa importante em chute de Luan, na pequena área, e depois pegou pênalti batido pelo mesmo armador, já na parte final da vitória por 1 a 0, o arqueiro ouviu que o técnico Tite esteve no local para acompanhar o duelo.

Comandado pelo atual treinador da Seleção Brasileira durante três temporadas, no total, o camisa 12 não viu tanta importância na presença de Tite em Porto Alegre. Para ele, o trabalho realizado ao lado do antigo comandante tem muito mais importância do que a boa atuação.

“Tite me conhece, sabe do meu potencial. Não é momento de falar de Seleção, é momento de elogiar a equipe do Corinthians. É fruto de ter muita gente me ajudando. É um conjunto de coisas que me deixa com a cabeça boa”, avaliou o jogador, pouco depois do apito final da partida na Arena do Grêmio.

Próximo tanto do goleiro quanto do antigo chefe, o técnico Fábio Carille apontou como um fato menor a defesa do pênalti. Para ele, a boa fase do seu titular é algo que independe de pegar pênaltis ou não.

“Eu lembro de muitos pênaltis que esse cara já pegou, Rogério Ceni no Morumbi, de muitos mesmo. Essa é minha opinião. Acho que o Cássio não estava precisando disso, ele já vive um grande momento. Do jeito que ele está jogando, seguro, concentrado, não vejo como isso pode ser mais importante”, concluiu Carille.

Com 26 pontos conquistados nas dez primeiras rodadas, o Timão agora terá pela frente o Patriotas-COL, pela partida de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana, na cidade de Tunja, quarta-feira, às 21h45 (de Brasília). No Nacional, seu próximo rival será o Botafogo, domingo, dia 2 de julho, no estádio de Itaquera.

[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *