Pesquisa encontra milhares de fungos e bactérias em fones

Pesquisa encontra milhares de fungos e bactérias em fones

[ad_1]

Uma pesquisa realizada com fones de ouvido e headfones encontrou cerca de 10 mil fungos e bactérias, que podem causar problemas como coceira e até risco de perda de audição.

O levantamento foi feito por pesquisadores da faculdade de Biomedicina da Devry Metrocamp em Campinas, no interior paulista, que alertaram para os problemas de compartilhar os objetos com outras pessoas e a importância de higienizá-los com frequência.

Os pesquisadores, coordenados pela doutora em ciências de alimentos, bióloga e professora Rosana Siqueira avaliaram 40 fones (30 do modelo mais comum e 10 headfones).

Eles pertenciam a pessoas que costumam compartilhá-los com outras e não tinham o hábito de limpá-los.

Em 87% dos fones foi encontrada contaminação em maior quantidade, inclusive da bactéria Staphylococcus aureus, responsável por infecções de pele.

“Se os micro-organismos invadirem a região mais interna do ouvido, podem atingir os nervos auditivos, e isso pode afetar o sistema nervoso central e pode ocasionar, em alguns casos, a meningite. Tem que tomar cuidado, principalmente as crianças, que o sistema imunológico ainda está em formação, e idosos também. As pessoas que já tenham uma predisposição”, disse a pesquisadora ao G1.

Os headfones também tinham a presença da bactéria, mas em menor quantidade.

Segundo os pesquisadores, a limpeza deve ser feita com o álcool isopropílico que não estraga aparelhos eletrônicos. A higiene precisa ser feita todos os dias, antes e após o uso, ou, no mínimo, uma vez por semana.

Também é importante ressaltar que ouvir som muito alto nos fones prejudica a audição.

[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *