Jim Carrey, Robert De Niro, Leandro Hassum e outros astros prestam homenagens a Jerry Lewis

Jim Carrey, Robert De Niro, Leandro Hassum e outros astros prestam homenagens a Jerry Lewis

[ad_1]

A morte de Jerry Lewis aos 91 anos, no último domingo, fez muitos fãs irem às redes sociais prestar suas homenagens ao ídolo. Entre os milhares de admiradores, atores, atrizes e diretores falaram da importância do comediante para a história do cinema.

“Jerry Lewis foi um gênio inegável, uma benção suprema, o absoluto em comédia. O que sou é porque ele foi”, escreveu no Twitter Jim Carrey, que desde o começo da carreira não escondia sua admiração por Lewis, a quem foi comparado muitas vezes.

“Foi incrível conhecer e dar risada com o incrível Jerry Lewis. Ele vai continuar fazendo rir na eternidade”, postou Samuel L. Jackson. Rob Schneider, de ‘Gigolô por Acidente’ e ‘O Animal’, escreveu: “Outra lenda do humor nos deixou. Dean Martin & Lewis foram os Beatles da comédia. Ninguém nunca foi maior!”

Marlon Wayans, de ‘As Branquelas’, mostrou-se bastante emocionado, com um longo depoimento no Instagram: “Cara… Estou devastado. Ao crescer, todos temos super-heróis, Jerry Lewis era o meu. Um homem tão engraçado. Um comediante físico brilhante. Meu irmão Shawn e eu crescemos assistindo Jerry Lewis e Dean Martin. Estes dois nos ajudaram a sonhar. Ele era hilário e caridoso. Você será lembrado sempre com um sorriso. Nós podemos ver seus filmes e suas obras e por um momento nos sentir melhores em relação a vida. É por isso que trabalho duro. Sou um tolo, um palhaço, um guerreiro pelos sorrisos das pessoas. Nós fazemos o que precisamos para fazer o mundo se sentir melhor. Obrigado pelos sorrisos que você colocou na minha cara e por ter sido uma luz para um garotinho com grandes sonhos a seguir. Descanse em paz. Faça Deus rir”.

Já Robert De Niro, que contracenou com Lewis em ‘O Rei da Comédia’, de Martin Scorsese, soltou um comunicado oficial, dizendo que o ator era “pioneiro na comédia e no cinema. E era um amigo. Tive a sorte de vê-lo algumas vezes nos últimos anos. Mesmo com 91 anos, ele nunca perdia um momento, ou uma piada. Você deixará saudades”.

O próprio Scorsese foi outra lenda do cinema que fez seu tributo pessoal: “Jerry Lewis foi um mestre. Ele foi um gigante. Foi um inovador. Foi um grande artista. E era um homem notável. Tive a honra de trabalhar com ele, e foi uma experiência que guardarei para sempre. Ele era, realmente, um dos grandes”.

O brasileiro Leandro Hassum, que trabalhou com o comediante quando este fez uma participação especial em ‘Até que a Sorte nos Separe 2’, compartilhou uma foto autografada por Lewis em seu Instagram:

[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *