Com reservas, Grêmio empata e perde chance de se aproximar do Corinthians

Com reservas, Grêmio empata e perde chance de se aproximar do Corinthians

[ad_1]

Com reservas em campo, o Grêmio voltou a tropeçar neste domingo e só empatou com o Atlético-PR por 0 a 0, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. São dois jogos sem vitória, já que na última rodada o time havia perdido para o Botafogo, favorecendo assim o Corinthians.

Líder do Brasileirão, o time paulista sofreu sua primeira derrota no campeonato no sábado, ao perder por 1 a 0 para o Vitória, em casa. O revés, contudo, não foi capitalizado pelo vice-líder Grêmio, que poderia se aproximar mais do primeiro colocado. O time gaúcho chegou aos 40 pontos. Agora está a sete do Corinthians. Já o Atlético pulou para a sexta posição, com 30 pontos, mas pode perder posições até o término da rodada.

Novamente o técnico Renato Gaúcho poupou o time titular do Grêmio e apostou nos jovens da base, mesclado com a experiência de Léo Moura, Fernandinho e Bruno Rodrigo. No primeiro tempo o Atlético-PR foi melhor e criou as melhores chances de gol. Na etapa final o Grêmio melhorou e teve oportunidades para balançar as redes.

O JOGO – O visitante aproveitou o time reserva do Grêmio para tentar uma importante vitória fora de casa. Priorizou o toque de bola nos primeiros 45 minutos e teve as melhores chances de abrir o placar. A melhor delas aconteceu aos 23 minutos, quando Éderson recebeu cruzamento e, livre de marcação dentro da área, acabou finalizando para fora.

O Grêmio também tentou ficar com a bola nos pés, mas teve dificuldade para furar o bloqueio paranaense. Sem espaços, os lançamentos foram frequentes e favoreceram o goleiro Weverton, que pouco trabalhou durante os primeiros 45 minutos.

No segundo tempo, o Grêmio foi mais ofensivo e o confronto ficou ainda mais aberto. Logo aos dez minutos, Everton recebeu na entrada da área, deu um chapéu no adversário e finalizou para boa defesa de Weverton. Cinco minutos depois veio a resposta do Atlético-PR com Sidcley, que exigiu atenção de Paulo Victor.

Os dois times diminuíram o ritmo e, em razão do cansaço, começaram a errar muitos passes. Quase no final do jogo, aos 47 minutos, Douglas Coutinho cruzou e Guilherme, de peixinho, cabeceou rente à trave, numa das melhores oportunidades de gol em toda a partida.

O Grêmio volta a campo pelo Brasileirão apenas no dia 2 de setembro, quando receberá o Sport, às 16 horas, em Porto Alegre. Antes disso, na próxima quarta-feira o time gaúcho visitará o Cruzeiro pelo jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil. O Atlético voltará a campo no domingo para encarar o Flamengo, às 16h, no Estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 0 x 0 ATLÉTICO-PR

GRÊMIO – Paulo Victor; Léo Gomes (Beto da Silva), Bressan, Bruno Rodrigo e Marcelo Oliveira (Conrado); Jaílson, Kaio, Léo Moura e Lincoln (Patrick); Fernandinho e Everton. Técnico: Renato Gaúcho.

ATLÉTICO-PR – Weverton; Zé Ivaldo, Wanderson, Paulo André e Fabrício; Esteban Pavez, Eduardo Henrique (Matheus Rossetto), Sidcley (Pablo), Guilherme e Nikão; Éderson (Douglas Coutinho). Técnico: Fabiano Soares.

CARTÕES AMARELOS – Jaílson e Kaio (Grêmio); Zé Ivaldo e Guilherme (Atlético-PR).

ÁRBITRO – Jailson Macedo Freitas (BA).

RENDA – R$ 461.683,00.

PÚBLICO – 13.615 pagantes (15.369 no total).

LOCAL – Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS).

[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *