Bahia faz 2 a 0 no primeiro tempo e despacha o Vasco na Fonte Nova

[ad_1]

O Bahia fez valer o mando de campo e venceu por 3 a 0 o Vasco, neste domingo, na Fonte Nova. Com o resultado, os baianos chegaram a 26 pontos e se distanciam das últimas posições. Já os cruzmaltinos seguem com 25 e começam a ver a zona de rebaixamento mais próxima.

O Vasco teve mais posse de bola durante os 90 minutos, mas viu o Bahia construir a vitórias em erros dos próprios cruzmaltinos. Os donos da casa foram para o intervalo com boa vantagem após gols de Tiago e Mendoza. No segundo tempo, o colombiano marcou seu segundo gol na partida para garantir os três pontos.

Na próxima rodada, o Bahia terá pela frente o Bahia, no próximo domingo, novamente na Fonte Nova. Já o Vasco vai disputar o clássico contra o Fluminense, no sábado, no Maracanã.

O jogo

O confronto começou movimentado, com as duas equipes tendo chance de marcar. Logo com um minuto, Rodrigão foi lançado na área, mas acabou desarmado por Breno no momento da finalização. O Vasco respondeu em seguida, em chute de Wagner que assustou o goleiro Jean.

Após o início forte, o jogo passou a ser disputado de forma mais equilibrada. Tanto Bahia quanto Vasco chegavam com facilidade ao ataque, mas ambos pecavam no último passe. O Vasco voltou a desperdiçar boa chance aos 20 minutos. Após saída errada da zaga baiana, Mateus Vital tocou para Paulinho na área, mas o atacante chutou na rede pelo lado de fora.

A resposta do Bahia veio em grande estilo, aos 22 minutos. Após cobrança de escanteio, Tiago subiu mais que a zaga cruzmaltina e cabeceou com estilo. A bola ainda bateu na trave antes de ir para a rede.

Depois disso, os baianos recuaram e viram o Vasco passar a dominar a partida. No entanto, os cruzmaltinos só chegaram com perigo nos minutos finais. Aos 44 minutos, Wagner recebeu passe na área e chutou na trave. Já nos acréscimos, Anderson Martins arriscou de longe e quase acertou o ângulo. Só que no último lance da primeira etapa, o Bahia chegou ao segundo gol. Em contra-ataque rápido, Mendoza aproveitou erro de Ramon, driblou Martín Silva e colocou para a rede para deixar os donos da casa bom boa vantagem no intervalo.

No segundo tempo, o Vasco voltou com Nenê e Bruno Paulista em busca do empate, mas viu o Bahia ampliar o placar logo com um minuto. Após tiro de meta cobrado por Jean, o Bahia levou a melhor no alto e viu Régis chutar cruzado para o gol. Martín Silva espalmou para o lado e a bola sobrou para Mendoza tocar para a rede.

O revés foi sentido pelos vascaínos. Os cariocas continuaram tendo mais posse de bola, mas pouco produziam no ataque. O Bahia foi quem chegou com perigo aos 24 minutos. EM mais um contra-ataque rápido, Mendoza tocou para Rodrigão na área. No entanto, o atacante finalizou muito mal.

Na parte final da partida, o Vasco diminuiu o ritmo e aceitou a derrota. Com isso, o Bahia passou a administrar o jogo, com direito a olé. O panorama do confronto não mudou até o apito final do árbitro.

FICHA TÉCNICA

BAHIA-BA 3 X 0 VASCO-RJ

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data: 20 de agosto de 2017 (Domingo

Horário: 16h(de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)

Assistentes: Bruno Salgado Rizo (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (Fifa-SP)

Renda: R$ 591.084,50

Público: 13.007 pagantes

Cartões amarelos: Jean, Luís Fabiano, Anderson Martins e Bruno Paulista (Vasco)

GOLS:

BAHIA: Tiago, aos 22min do primeiro tempo; Mendoza, aos 48min do primeiro tempo e 1min do segundo tempo

BAHIA: Jean, Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba (Juninho); Edson, Renê Júnior, Régis (Vinícius), Zé Rafael (Matheus Reis) e Stiven Mendoza; Rodrigão

Técnico: Preto Casagrande

VASCO: Martin Silva, Breno, Anderson Martins e Rafael Marques (Bruno Paulista); Gilberto, Jean, Matheus Vital (Manga Escobar), Wágner e Ramon; Paulinho (Nenê) e Luis Fabiano

Técnico: Milton Mendes

[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *