Após estreia no Santos, Nilmar busca entrosamento e aposta na velocidade

Após estreia no Santos, Nilmar busca entrosamento e aposta na velocidade

[ad_1]

Depois de 15 meses sem atuar oficialmente, Nilmar estreou no Santos no domingo, contra o Coritiba, no empate por 0 a 0, por conta do desfalque de Ricardo Oliveira, que sofreu uma pancada nas costas e não foi relacionado para a partida. Ansioso para estrear, o atacante falou da surpresa em ser convocado pelo técnico Levir Culpi e da busca do entrosamento com os companheiros.

– No futebol acontecem algumas coisas que nem acreditamos. Infelizmente por um acidente de trabalho com o Ricardo Oliveira acabei vindo para esse jogo, coisa que em princípio não estava planejada, mas estava ansioso para poder entrar e atuar pelo Santos. Venho me preparando para isso. O time tem muita qualidade. Não treinamos muito juntos ainda, porque eles estavam sempre jogando, enquanto eu fazia um trabalho diferente deles. Mas com a qualidade fica mais fácil buscar um entrosamento – explicou.

Apesar dos 33 anos, a aposta do camisa 18 é na sua velocidade, tanto que recentemente revelou que está com as mesmas condições físicas do início de sua carreira. Com 1,80 metro ele pesa apenas 70 kg.

– A parte física está muito forte, me dediquei o mês todo para voltar com o condicionamento bom, aos que não sabem o meu forte é a velocidade. Em um lance eu até consegui dar uma arrancada, mas o campo estava pesado. Fiquei um longo tempo sem jogar, tem muito para melhorar, mas estou feliz por voltar – concluiu.

O reforço santista ‘dispensou’ as folgas no Peixe e treinou até quando o elenco santista recebeu descanso do treinador. Folgou apenas nas tardes de domingo.

Após a partida contra o Coxa, Levir elogiou a performance de Nilmar e afirmou que o estilo de jogo do atacante é ótimo para a Libertadores.

– É bom ver o Nilmar voltando, a técnica dele é indiscutível. Eu precisava colocá-lo em situação de jogo. Ele é muito rápido nas ações, será muito importante. É ótimo, principalmente na Libertadores – disse.

E MAIS:

[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *