‘Qualquer homem que eu aparecesse em público, era caso’

‘Qualquer homem que eu aparecesse em público, era caso’

[ad_1]

Jurada do “Show de Calouros” durante 11 anos nos anos 80, Sônia Lima participou do programa “Superpop” e falou sobre os boatos de que teria tido um caso com Silvio Santos na época. Símbolo sexual daquela década, a atriz revelou que foi vítima de muitos boatos sobre romances inexistentes, até mesmo com Pelé.

A vida toda falaram que eu tinha caso com o Silvio Santos. Tinha paparazzi que me seguia dia e noite achando que eu tinha caso com o Silvio. Mas essas brincadeiras que ele faz com a Helen (Ganzarolli) hoje eram normais. Eu era uma mulher solteira, me deram o título de simbolo sexual, qualquer homem que eu aparecesse em público, era caso”, contou Sônia Lima em entrevista à Luciana Gimenez. Sobre a relação com o patrão, a atriz revelou que se desentendeu com ele algumas vezes. “Já fiquei seis meses sem falar com o Silvio, trabalhando toda semana sem falar com ele. Sempre tivemos essa relação de Tom e Jerry”, contou ela.

Leia mais:
Otaviano Costa revela que sofreu bullying na escola por causa do nome
Bruno Gagliasso é acusado de não pagar dívida de R$ 50 mil

A atriz também contou que não se arrepende de ter passado tanto tempo como jurada da atração, apesar de ter recusado convites para ir para a Globo. “Tive algumas oportunidades de sair de lá, mas o Silvio me aconselhou e fui ficando. Recebi convites para ir para a Globo, para fazer ‘Sassaricando’, Chico Anysio, programa infantil, mas fiquei por comodismo. Eu me casei, tive filho, não estava mais na maratona de aeroporto de terça a domingo. Ali eu estava tranquila, tinha a semana inteira para ficar com meu filho”, revelou Sônia Lima.

[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *