Luz situada acima do Big Ben será apagada pela primeira vez em 70 anos

[ad_1]

Londres, 19 ago (EFE).- A histórica lâmpada Ayrton Light, situada no alto da Torre Elizabeth (que aloja o famoso Big Ben) de Londres deixará de brilhar durante meses, pela primeira vez em mais de 70 anos, para passar por trabalhos de reparo, confirmou neste sábado a Câmara dos Comuns.

Essa luz, situada acima do Big Ben, acende durante as tardes nas quais são realizadas sessões parlamentares e será substituída, enquanto durarem os trabalhos de reparação, por outra luz temporária.

Instalada pela primeira vez em 1885, ela foi somente desligada durante as duas Guerras Mundiais.

A Ayrton Light foi instalada a pedido da Rainha Victoria, que queria poder ver, ao anoitecer, desde seu palácio de Buckingham – agora residência oficial em Londres de Elizabeth II – os membros de ambas Câmaras – Comuns e Lordes – enquanto realizavam suas sessões parlamentares.

Ainda não se sabe quando essa luz – que deve seu nome ao advogado e político liberal Acton Smee Ayrton – será apagada e nem durante quanto tempo, mas aparentemente o desligamento deve durar meses.

Por outro lado, também o sino do Big Ben, será silenciado durante quatro anos enquanto ocorrerem as obras de renovação, segundo anunciaram nesta semana os Comuns.

O sino deixará de soar a partir desta segunda-feira até 2021, quando finalizarem as obras, ainda que cumprirá sua função em datas especiais como nas comemorações de Fim de Ano e no Domingo de Comemoração.

O objetivo destes reparos é proteger os trabalhadores que estão fazendo as tarefas de renovação da chamada Elisabeth Tower (Torre Elizabeth), um nome que foi adotado em homenagem ao jubileu de diamantes da rainha Elizabeth II – os seus 60 anos no trono -, que abriga o relógio e o sino.

Além do trabalho de conservação da torre, o Grande Relógio será desmontado peça por peça para ser limpo e passar por um trabalho de manutenção.

A esfera do relógio permanecerá sempre visível marcando a hora e funcionará com um moderno motor elétrico até que seja restabelecido o mecanismo do relógio original.

A Torre Elizabeth, que é o ponto mais fotografado do Reino Unido, já está entre andaimes para o início dos trabalhos de reparação. EFE

[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *