Cientista Hawking culpa governo do Reino Unido por “crise” do sistema de saúde

[ad_1]

LONDRES (Reuters) – O físico Stephen Hawking criticou o governo britânico por causar uma crise no estatal Serviço Nacional de Saúde (NHS), afirmando que ele precisava ser protegido de se tornar um sistema lucrativo, no estilo norte-americano.

Escrevendo no jornal The Guardian, o cosmologista britânico, que foi diagnosticado com doença do neurônio motor aos 21 anos, também acusou o Ministro da Saúde do Reino Unido de escolher a dedo evidências científicas para justificar suas políticas.

“O cuidado que eu recebi desde que fui diagnosticado com a doença do neurônio motor enquanto estudante em 1962 me permitiu viver minha vida como eu quero, e contribuir com grandes avanços em nosso entendimento do universo”, escreveu Hawking, autor do livro best-seller “Uma Breve História do Tempo”.

Fundado em 1948, o NHS é uma fonte de orgulho para muitos britânicos que podem acessar tratamentos gratuitos desde o berço até o túmulo, mas nos últimos anos orçamentos apertados, uma população envelhecendo e tratamentos mais caros e complexos têm colocado o sistema sob forte crise financeira.

Hawking, apoiador do Partido Trabalhista, de oposição, afirmou que o NHS era “um pilar da nossa sociedade”, mas que estava em uma crise criada por decisões políticas.

[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *