Mass Effect Andromeda: como resolver os puzzles dos monólitos das relíquias

Mass Effect Andromeda: como resolver os puzzles dos monólitos das relíquias

[ad_1]

Ao longo de sua jornada pela galáxia de Mass Effect: Andromeda, você vai se deparar com gigantescas estruturas, conhecidas como monólitos, que escondem uma antiga tecnologia capaz de tornar os planetas habitáveis para a raça humana. A questão é que, para acessar essas construções, é preciso resolver um quebra-cabeça que mais parece uma versão atualizada do popular jogo japonês sudoku.

Se você tem dúvidas de como ele funciona, vamos ensinar como resolvê-lo no game da BioWare. Para isso, pegamos como exemplo o primeiro desafio desse tipo encontrado no título, durante a missão “Um Começo Melhor”, no planeta Eos. Vale lembrar que existem chaves de decodificação que resolvem o puzzle de forma instantânea, mas elas são extremamente raras de encontrar.

Como localizar os puzzles

Os desafios fazem parte da arquitetura das relíquias, e todos exigem que você ative mais de um monólito para liberar a entrada nos calabouços principais. São eles que abrigam a tecnologia necessária para limpar a atmosfera dos planetas e possibilitar que a humanidade inicie a instalação de bases pela galáxia de Andrômeda. Além disso, alguns vaults contêm puzzles secretos que são protegidos por inimigos.

As construções que podem abrigar os desafios são indicadas pelo símbolo na imagem abaixo.

O puzzle

O primeiro passo para completar um puzzle é encontrar gilfos escondidos nas colunas dos monólitos. Use seu escâner nessas colunas para identificar condutores de poder que levam até a localização exata dos símbolos. Só então você conseguirá interagir com o dispositivo contendo o desafio.

A lógica é a mesma do sudoku, mas, em vez de números, aqui temos símbolos alienígenas. O objetivo é não duplicar nenhuma imagem nas linhas, colunas ou dentro de cada seção em que os ícones estão agrupados. Para facilitar o processo, cada desafio possui alguns espaços já preenchidos pelo símbolo correto; cabe a você estudar a solução mais adequada para resolver o quebra-cabeça.

Nossa dica é checar primeiro se alguma linha, coluna ou seção já possui três símbolos. Se sim, basta completar a lacuna que falta com o ícone restante. Verifique se as sequências estão de acordo com as mecânicas descritas no parágrafo anterior e envie a solução. Caso ela esteja incorreta, o desafio é reiniciado, e relíquias hostis vão atacar você e seus companheiros.

O quebra-cabeça da primeira missão em Eos é bem autoexplicativo e funciona como um tutorial para os puzzles nas quests seguintes.

[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *