Tanks ainda tomam conta do LoL na atualização do patch 7.15

Tanks ainda tomam conta do LoL na atualização do patch 7.15

[ad_1]

Depois de uma atualização extremamente criticada pela comunidade do LoL – por trazer mudanças muito fortes nos tanks e na Draktharr -, a Riot Games teve que acelerar o lançamento do patch 7.15 para corrigir erros no balanceamento do jogo. O resultado da atualização foi um festival de campeões buffados (17) e poucos nerfs (4).

Parece que mesmo com a grande quantidade de melhorias em campeões, os desenvolvedores do game gostaram do rumo que as partidas profissionais estão tomando. Está muito frequente a escolha de tanks para os times, o que incentiva composições baseadas em lutas em equipe. Como foi o caso de uma partida na sétima semana de CBLoL, na qual paiN Gaming trouxe uma composição com 4 tanks para jogar contra a Team One, que tinha mais 3. Clique aqui para assistir ao jogo.

Isso porque os nerfs em campeões como Cho’Gat (diminuição do dano do E), Gragas (diminuição da velocidade de ataque e cooldown nos primeiros níveis do R) e Zac (diminuição da sustentabilidade e dano nas lutas) são pequenos quando comparados com a grande funcionalidade dos personagens durante o jogo.

Além disso, houve buffs no Dr. Mundo (aumento de percentual de resistência mágica) e Nautillus (aumento do dano do Q e diminuição do cooldown do R), que reafirma a vontade da Riot em aumentar a presença dos tanks nos jogos profissionais. Além da melhora do item Elmo Adaptativo (a diminuição do dano sofrido de uma mesma habilidade agora é de 20%), que é outro item destinado para os defensores.

Para compensar um pouco a hegemonia dos grandes personagens de defesa, a Riot Games melhorou as habilidades de alguns campeões que lidam muito bem contra os tanks. É o caso do Gangplank (que teve um aumento substancial no dano da passiva) e de Irelia (diminuição do cooldown do R). Dessa forma, os times terão que pensar duas vezes para escolher um tank nas cegas, sem saber contra quem eles jogarão na fase de rotas.

Uma das maiores críticas do patch 7.14 foi ao item Draktharr, devido à força tanto para campeões assassinos quanto para atiradores que abusam da letalidade (Jhin, Twitch, Vayne). A arma estava tão forte que o dano dela foi diminuído quase pela metade no começo da partida, e sua funcionalidade teve que ser garantida apenas aos campeões com ataque corpo a corpo, como Zed, Talon e Kayn.

Azir, Ekko, Lux, Nami e Sivir são alguns dos personagens que estão um pouco afastados do cenário competitivo de LoL, mas que com os buffs do patch 7.15 podem voltar a aparecer em algumas partidas. Vamos esperar para ver mais quais surpresas os times trarão com essa nova atualização.

[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *