Cyborg celebra conquista de cinturão e garante estar em seu auge no MMA

Cyborg celebra conquista de cinturão e garante estar em seu auge no MMA

[ad_1]

Nova campeã peso pena feminino do UFC, Cris Cyborg vive um momento especial na carreira. Depois de confirmar o favoritismo e nocautear Tonya Evinger no UFC 214, que aconteceu neste sábado, em Anaheim (EUA), a brasileira refletiu sobre a vitória e garantiu estar no auge de sua trajetória no esporte.

Realizada pela conquista, Cyborg lembrou sua caminhada até o título do Ultimate e garantiu que é hora de começar um novo capítulo de sua história, agora como campeã.

– Acho que o cinturão veio na hora perfeita. Acho que estou no auge da minha carreira. Me senti muito relaxada na luta. Antes eu atacava logo, agora eu vejo onde posso atacar. Me sinto muito feliz, é o fim de um capitulo da minha carreira e o início de um novo. Me sinto abençoada. Minha equipe sempre pede pra eu relaxar na luta, eu tenho tudo no meu jogo. Sempre dizem para eu relaxar, tenho muita experiência. Então hoje me senti bem – explicou a brasileira, em coletiva de imprensa pós-UFC 214.

Sobre o futuro, Cris disse não escolher rival, mas lembrou de Megan Anderson. A australiana estava escalada para enfrentá-la, mas teve problemas com o visto e ficou de fora do confronto com Cyborg.

– Posso enfrentar qualquer uma que o UFC colocar na minha frente. Vou continuar treinando e pronta. Não sei nada sobre a Megan (Anderson). Eu aceitei enfrentá-la. Não sei se ela não pode vir para os EUA, mas eu posso ir para a Austrália enfrentá-la. Quero lutar logo – garantiu.

Cris Cyborg manteve a invencibilidade de 12 anos ao nocautear Tonya Evinger no terceiro round da disputa de cinturão peso pena feminino do UFC.

E MAIS:

[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *