Jay Z fala sobre infidelidade e gêmeos recém-nascidos em álbum “4:44”

[ad_1]

Por Piya Sinha-Roy

LOS ANGELES (Reuters) – O rapper Jay Z usou seu novo álbum “4:44”, lançado nesta sexta-feira, para falar sobre quando traiu sua esposa Beyoncé, sobre o nascimento de seus filhos gêmeos e sobre a escolha do melhor filme no Oscar deste ano.

No single que dá nome ao álbum, Jay Z admite ter se relacionado com outras mulheres, mais de um ano depois de sua esposa, Beyoncé, ter mencionado pela primeira vez as infidelidades do marido em seu álbum “Lemonade”.

Jay Z escreve uma ode de arrependimento sobre o casamento fraturado em “4:44”, dizendo que “precisou que a minha filha nascesse, para que eu visse pelos olhos de uma mulher”, em referência a filha do casal, Blue Ivy.

Ele também mencionou seus filhos gêmeos — que teriam nascido neste mês de acordo com reportagens, mas sem confirmação oficial, dizendo “precisou que esses gêmeos naturais para acreditar em milagres, demorou muito para essa música, eu não mereço você”.

Fãs ficaram chocados no último ano quando Beyoncé acusou Jay Z de traição em seu álbum “Lemonade”, em uma rara rachadura na aparentemente perfeita fachada de um dos casais mais famosos do mundo da música.

Em sua música “Sorry”, Beyoncé se refere a uma mulher misteriosa, a chamando de “Becky com o cabelo bom”, que também aparece no título “Family Feud” de Jay Z, um dueto com Beyoncé, em que ele canta “Me deixe em paz Becky”.

Em “Moonlight”, Jay Z fala sobre o impacto do filme “La La Land” ter sido nomeado o melhor filme no Oscar desse ano, e em “The Story of O.J.”, o rapper explora a identidade negra nos Estados Unidos.

“4:44” foi lançado exclusivamente na plataforma de streaming de música Tidal, fundada por Jay Z em parceria com a companhia de telecomunicações norte-americana Sprint Corp.

[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *