Palmeirenses exaltam reação da equipe no segundo tempo

Palmeirenses exaltam reação da equipe no segundo tempo

[ad_1]

Um jogo de fortes emoções. É assim que podemos definir o empate em 3 a 3 entre Palmeiras e Cruzeiro, nesta quarta-feira (28), no Allianz Parque, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Depois de ter ido para o intervalo perdendo por 3 a 0, o Verdão conseguiu buscar o empate no segundo tempo.

Um dos destaques do duelo, Dudu, que marcou dois gols, lamentou o vacilo da equipe na primeira etapa, mas comemorou a reação da equipe após o intervalo.

“A gente vacilou muito no primeiro tempo e não tem explicação. Dentro de casa tomar gol de contra-ataque é coisa que não pode acontecer. Mas conseguimos empatar e estamos dentro da competição. Temos condições de ir em Minas e ganhar. A equipe está viva na competição”, declarou em entrevista ao Sportv.

Alisson Thiago Santos Palmeiras Cruzeiro Copa do Brasil 28062017

(Foto: © Marcello Zambrana/Light Press/Cruzeiro)

O volante Thiago Santos também seguiu a mesma linha do camisa 7.

“O mais importante foi buscar o empate com três gols e é muito difícil isso. Batalhamos até o final e estamos vivo. No segundo tempo, a gente mostrou a cara do time. O importante é buscar e não parar de lutar”, afirmou.

Em entrevista coletiva, o técnico Cuca fez uma análise mais profunda da atuação do Palmeiras em cada um dos tempos.

“Nós começamos bem, criamos oportunidade com menos de um minutos, conseguimos finalizar, estávamos tomando conta do jogo. Nós tomamos um contra-ataque cinco contra três. Acabamos oferecendo ao Cruzeiro o que eles queriam. Aí nós nos perdemos no jogo. Na terceira chance que teve eles fizeram o três a zero. Encaixaram três bolas perfeitas. No primeiro, no nosso erro, no segundo, mérito deles. O Cruzeiro foi cirúrgico”, analisou.

“No segundo tempo mudamos a atitude. Passamos a disputar as jogadas de maneira para ganhar, diferente do que foi o primeiro tempo. Pressionamos. Tivemos mais de vinte conclusões no final do jogo, delas entraram três. Nós poderíamos ter buscado o quarto, o quinto gol. Mas parece que depois que fez o terceiro veio a sensação de dever cumprido, o medo de tomar o quarto gol. Mas diminuímos muito a intensidade depois do empate. Poderíamos ter tocado um pouquinho mais, respeitando o esforço que foi feito. Uma disputa que estava praticamente liquidada, nós entramos no páreo de novo. O Cruzeiro tem uma grande vantagem, mas era muito maior”, finalizou.

Cuca Mano Menezes Palmeiras Cruzeiro Copa do Brasil 28062017

(Foto: © Marcello Zambrana/Light Press/Cruzeiro)

Com o resultado, o Palmeiras avançará para a semifinal se vencer ou empatar de 4 a 4 em diante. Se o resultado do jogo desta noite se repetir no dia 26 de julho, no Mineirão, a decisão vai para os pênaltis.

[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *